O que é?

Ewé Ijó Dudu consiste em um intercâmbio de técnicas, conhecimentos e saberes com o público interessado em geral. É um programa de estudos e formação em dança negra, composto por oficinas com o bailarino beninense Guillaume Niejo e com o bailarino Luiz Anastácio abertas e gratuitas para a comunidade.

 

Ewé ijó dudu frase em Yorùbá que significa: Dança preta nas folhas.

 

Quando aconteceu?

Foram duas turmas: a primeira às segundas feiras, das 08h às 10h e a segunda às sextas feiras, das 18 às 20h

 

As turmas de segunda feira tiveram encontros nos dias: 21 e 28 de outubro; 04, 11, 18 e 25 de novembro; 02 e 09 de dezembro. Sendo os 5 primeiros com Guillarume Niedjo e os 3 últimos com Luiz Anastácio;

 

As turmas de sexta feira terão encontros nos dias: 25 de outubro; 01, 08, 22 e 29 de novembro; 06 de dezembro. Sendo os 3 primeiros com Guillaume Niedjo e os 3 últimos com Luiz Anastácio.

 

Objetivo e Público Alvo:

Esse intercâmbio visa priorizar o material das danças rituais como pesquisa, sistematização de corpo e organização de estéticas para a dança, propiciando ao público interessado pensar a partir das questões do corpo afrocentrado.

 

● Os interessados deverão realizar pré inscrição em formulário gerado no site do grupo;
● Os participantes terão que ter idade a partir de 16 anos;
● Devem se comprometer em participar de todos os encontros permitindo apenas uma falta justificada;
 

Abaixo é possível conferir algumas fotos dos encontros