Indo para o Benim

Hoje o projeto ganhará novas Dimensões, rumo o Benim na África. Neste local, serão realizados compartilhamentos artísticos entre 3 países: Brasil, Benim e Portugal. "Vivenciar um processo em dança genuinamente africano e em solo africano é poder observar conceitos orgânicos da cultura, organização e singularidade dos rituais. É também pensar outras maneiras de estímulos e estudos do movimento a partir das matrizes africanas."

-Luiz Anastácio


Postagens em Destaque